Universitários do Curso de Licenciatura em Pedagogia da Univesp de Capão Bonito criaram Sala de Leitura na escola Sumie Baldissera

Projeto Integrador está sendo muito elogiado pela equipe pedagógica e comunidade escolar

Notícia publicada em 15 de agosto de 2019

PROJETO INTEGRADOR UNIVESP – Com a revolução tecnológica que começou em meados do século XX e teve seu auge nos anos de 1980 e 1990, as pessoas passaram a utilizar mais os computadores e outros dispositivos que tornavam a vida mais prática.

Todo esse avanço afetou também o ambiente escolar, nesse contexto universitários da Univesp de Capão Bonito – Curso de Licenciatura de Pedagogia Carolina Helena Meira, Claudio Costa De Lima Junior, Marilene Vieira Suntaque Silva, Sabrina Nascimento de Queiroz, Sara da Conceição Alves Da Silva Teles e Wagner Antonio Dos Santos foram até a escola municipal Professora “Sumie Tereza Matsuura Baldissera” e realizaram uma pesquisa de campo com alunos, docentes e equipe gestora para saber como a tecnologia era utilizada para o ensino aprendizagem e quais dificuldades enfrentavam no dia-a-dia para utilização da mesma e desenvolveram o Projeto Integrador no Curso na unidade escolar.

Através desse contato com a escola, pudemos constatar que se tratava de uma instalação nova, sendo assim ainda não possuía um ambiente onde se pudesse ter acesso a leitura; pois além desse espaço, a unidade também não possuía livros literários, o que segundo os docentes dificultava no ensino e aprendizagem da leitura e escrita. Afinal, o livro continua sendo uma tecnologia eficaz para a educação.

Com tudo isso surgiu o interesse do grupo em buscar maneiras junto a escola para tentar solucionar esse problema e trazer para unidade o hábito da leitura e através disso facilitar o ensino aprendizagem.

Os objetivo foram realizar pesquisas e parceria com a escola para possível solução do problema, conversar com alunos e comunidade, pesquisar sobre as vantagens do ambiente de leitura para o ensino aprendizagem e buscar maneiras para incentivar os alunos a ler.

A importância da leitura aliada a música – O livro é um importante aliado para o ensino e aprendizado dos alunos, mas nos dias atuais e com o avanço da tecnologia ele perdeu espaço para o tablet, celulares, etc.

“Através do livro os alunos, tem acesso não só a leitura, mas também a escrita e a interpretação. E como chamar atenção desses alunos da era tecnológica para o livro?  Pensando nisso resolveu se juntar o hábito da leitura com o prazer de ouvir música, e os resultados foram surpreendentes, pois eles tiveram um aumento significante da concentração e assimilação do que estavam lendo aumentando com isso o a eficácia do aprendizado”, destacaram os universitários.

REA – Para dar continuidade ao projeto, o grupo voltou um pouquinho para as aulas de Educação Mediada por Tecnologias administradas pela professora Drª Mônica C. Gabin para falar sobre REA.

“Podemos definir um Recurso Educacional Aberto (REA) como: materiais de ensino, ensino aprendizagem e pesquisa em qualquer suporte ou mídia que estão sob domínio público ou estão licenciados de maneira aberta, permitindo que sejam utilizados ou adaptados por terceiros. O uso e formato técnicos abertos facilita o acesso e o reuso potencial dos recursos publicados digitalmente. Recursos educacionais abertos podem incluir cursos completos, parte de cursos, módulos, livros, artigo de pesquisa vídeos e qualquer outra ferramenta, material ou técnica que possa apoiar o acesso ao conhecimento”, salientaram os universitários.

O projeto – Com base nas pesquisas realizadas na unidade escolar e os dados obtidos através de consultas online e conteúdos estudados na matéria Educação Mediada por Tecnologias do curso de Pedagogia da Universidade Virtual do Estado de São Paulo, o grupo decidiu colocar em pratica junto com a equipe da escola o projeto  “Sala de Leitura” que inclui desde a montagem de um ambiente atraente até arrecadação de livros junto aos alunos e comunidade. Esse ambiente além de acolhedor conta com um aparelho de som que toca músicas clássicas (instrumentais), pois como indicam diversas pesquisas a música é uma grande aliada para concentração e consequentemente para o aprendizado.

Para elaboração deste projeto o grupo foi até a escola e realizou pesquisas com alunos, professores e equipe.

Cada integrante saiu com um questionário indagando qual seria a maior dificuldade encontrada atualmente para o ensino dos alunos.

“Após essa pesquisa, passamos a pesquisar maneiras para uma possível solução, buscando dados na internet e até mesmo na escola e na comunidade.

Então o grupo iniciou o levantamento de matérias como:

• Livros

• E.V.A

• Papel dobradura

• Tatames

• T.N.T

Na inauguração da “Sala de Leitura Profa. Sueli Souto”, os universitários notaram nos alunos o encanto por cada detalhe e a vontade de permanecer no ambiente para realizar a leitura.

Nos dias seguintes junto com a equipe gestora foi elaborado um cronograma para que todas as séries tivessem um horário para permanecer no local.

Durante esse horário os alunos juntamente com o professor desfrutaram de leitura acompanhada de música, onde pudemos constatar que os estudantes estavam mais concentrados na leitura.

Segundo professores e o coordenador  da escola prof. Varani Baltazar, o espaço e a música fizeram toda a diferença para o ensino aprendizado dos alunos.

“Constatamos que o nosso projeto atingiu o que esperávamos e obteve sucesso entre alunos, professores e comunidade”, comemoraram os universitários da Univesp.

370